7168352611203709 Running & Medals - Artigos - Volta a Paranhos

VOLTA A PARANHOS - RESCALDO

Nádia Santos

Autor do blog Running vs Science

Data de publicação: 09/12/2017

Não é de estranhar que a emblemática Volta a Paranhos se mantenha há precisamente 60 edições.

A história desta prova de 10 km é reconhecida entre atletas de todas as faixas etárias. Não há atleta que não comente a Volta a Paranhos como “A prova mais emblemática de Portugal”, e que não gostasse de participar na mesma pelo menos uma vez.

O carinho pela prova dos veteranos é notório, uma vez que tive o prazer de conversar com alguns atletas que afirmaram já participar na mesma há mais de 30 anos! Por esta razão, poder contar com a participação nestes 10 km da Cidade do Porto no currículo de corredor, é sem dúvida já uma mais valia.

Mas existem, na minha opinião, diversos motivos que fazem desta prova tão acarinhada.

Sim, o percurso é duro. Subidas longas e um pouco difíceis que podem ser facilmente o motivo de desgaste do atleta. Aliás, diria que correr no Porto é por si mesmo desafiante, comparando também com a São Silvestre do Porto, graças à altimetria da própria cidade. No entanto, a Volta a Paranhos, apesar da sua dureza, pode ser uma boa prova para recordes pessoais. Isto porque, atletas que estejam preparados para longas subidas recuperam facilmente também nas longas descidas que esta prova oferece.

Os primeiros 2/3 km são fáceis, mas um pouco lentos, graças à quantidade de atletas. Precisamente aqui, é onde tenho a minha única crítica. Na minha inscrição fui obrigada a enviar um comprovativo de tempo oficial sub50, caso quisesse partir precisamente nessa zona e não mais atrás. Parva fiquei quando estes escalões facilmente se misturaram uns com os outros, sem qualquer controlo. Acredito que, para atletas que vão com o objetivo de tempos, tenha sido uma situação desconfortável. Até porque, esta prova leva imensos atletas de alta categoria! Poderia também fazer uma crítica às camisolas M que mais parecem um XL, mas verdade seja dita, para isso quase que teria que criticar todas as provas portuguesas...

Quanto ao resto da organização, achei excelente! Água na altura certa, os resultados publicados muito rapidamente… Pena foi o frio que esteve, que deixou a água do abastecimento gelada! Mas isso é algo que ultrapassa a organização. São situações que não conseguimos controlar...

Por último, tenho que referir obviamente o público, que tanto apoiou os atletas. Algo muito comum nos cidadãos da cidade Invicta. Sem dúvida que repetirei para o próximo ano.

(fotos de Cristina Moreira Photography e Nádia Santos)

Mostrar Mais

©Running & Medals - Portugal 2016  |   Todos os direitos reservados.